25/04/13


"Nada me prende a nada.
Quero cinquenta coisas ao mesmo tempo. 
(...)"

Álvaro de Campos

LISBON REVISITED (1926)

Sem comentários: