27/12/09

"Não me lembro do dia em que nasci;
não sei em que dia morrerei.
Vem, minha doce amiga, vamos beber desta taça
e esquecer a nossa incurável ignorância."

Rubai de Omar Khayyam, séc. XI/XII (Pérsia)

Sem comentários: