16/03/09

O Processo Criativo de I.S.

“ No decorrer dos meus trabalhos tropeço subitamente com algo inesperado. Este elemento inesperado colide comigo. Tomo nota dele. Na altura mais apropriada faço dele uso proveitoso. Este dom de oportunidade não se deve confundir com o da irregularidade da imaginação vulgarmente chamada fantasia. A fantasia implica uma vontade predeterminada da cada um se abandonar ao capricho.”
Igor Stravinsky (1882-1971) em “Poética da música”

“O nosso espírito, assim como o nosso corpo, requer um exercício contínuo. Fica atrofiado se não o cultivarmos.”
(Idem)

“Toda a arte pressupõe um trabalho de selecção. Em geral, quando me disponho a trabalhar, o meu objectivo não é definido. Se me perguntassem o que eu desejava nesta fase do processo criador, teria de ser muito pressionado para o dizer. Daria, no entanto, uma resposta exacta quando me perguntassem o que eu não queria.”
(Idem)

Sem comentários: