30/03/09

Simão Castro



“O ensino intensivo da expressão artística nos primeiros anos de escola é uma forma de ajudar na aprendizagem de outras matérias. O desenvolvimento da capacidade criativa, traço comum a todos o seres humanos à espera de ser libertado, é uma responsabilidade sagrada dos educadores. A habilidade visual e o desenvolvimento da percepção visual amplia e beneficia a habilidade verbal e analítica. Isto não equivale a dizer que o sistema visual seja melhor do ponto de vista moral ou de qualquer outro, mas os dois sistemas são diferentes. E quando educados como parceiros iguais, um padrão mental melhora o outro, e juntos os dois modos podem libertar a criatividade humana. "
[Texto adaptado do livro de Betty Edwards, “Desenhando com o artista interior” (1986)]

Sem comentários: